Quem Faz

Leonardo Santos - Fundador
Leonardo Santos – Fundador

Leonardo Santos fez seu primeiro concurso militar em 1997, na época ainda cursava o 2º ano do ensino médio, para a Escola Preparatória de Cadetes do Ar e para a Escola Preparatória de Cadetes do Exército, vulgarmente conhecidas por EPCAr e EsPCEx. Não passou nem perto, aliás nem passou. No ano seguinte, cursou o 3º ano pela manhã, um curso à tarde e outro intensivo nos fins de semana. Foi aprovado na EPCAr, mas reprovado no exame de vista; foi aprovado na EsPCEx, mas não dentro das vagas, na época divididas com os alunos oriundos do Colégio Militar.

Fora do limite da idade de EPCAr e EsPCEx começou a estudar para a Academia da Força Aérea, ou AFA, em um curso menor, desconhecido, e passou em 65º na prova. Não estava classificado, mas estava lá… com as desistências, faltas, etc. Ficou em 23º, com apenas um detalhe: eram 22 vagas! No ano seguinte, em 2000, fez mais um ano de curso. Desta vez resolveu tentar todos os concursos ao alcance: Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAr), Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM), AFA e Escola Naval. Passou em todos, dentro das vagas. Optou pela AFA, pelo curso de infantaria.

Depois de três anos de idas e vindas de Pirassununga-SP, por motivo de saúde, não pode mais ser militar da ativa. Veio então para o Rio de Janeiro e começou a estudar para o vestibular. Fez vestibular para os cursos de engenharia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), da  Universidade Federal Fluminense (UFF), da PUC Rio e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Aprovado em todos, optou pelo curso de Eletrônica e de Computação na UFRJ – que começou em 2005.

Em 2006 começou a dar aulas de matemática e física em um pré-vestibular comunitário chamado CEDEDUCOM, mais tarde em outro, chamado Pré-Vila Cachoeira. Em 2007 trabalhou na empresa junior de engenharia da UFRJ chamada Fluxo Consultoria. Em 2008 trabalhou no Centro de Referência Tecnológica da Embratel (ou CRT), sempre dando aulas em pré-vestibulares sociais. Em 2009 passou a ser coordenador de um deles e, já não mais no CRT, se tornou coordenador geral do Pré-Vila Cachoeira e que viria a se tornar Ponto Alto Pré-Vestibular Comunitário.

Genesis

Em 2010, fundou um blog de matemática chamado de Matemática de Menos e que seria o precursor do Curso Mentor. Também em 2010 foi professor de álgebra de uma turma de preparação para escola técnicas e militares de nível médio. Em 2011, assumiu três turmas em um colégio da rede particular. No mesmo ano iniciou os estudos em um programa de Mestrado em Ensino de Matemática.

No ano seguinte, deu aula em outro pré-vestibular chamado Predileção. Atuou como professor de física em 2011 e 2012 e em 2013 tornar-se-ia coordenador.

Hoje, dedica-se a administrar o Curso Mentor gravando aulas, gravando e editando o Sala dos Professores, preparando listas de exercícios, simulados, soluções de provas. Além disso dá aulas particulares de matemática e física e atua na rede particular de ensino.

Esta é uma história real, sem cortes, sem firulas, sem maquiagem. Não é soberba. Espero que sirva de motivação. Todos podem alcançar seus objetivos, só precisam acreditar em si próprios.

Leonardo Santos.

Patrulha

Anúncios